sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Grupo indiano financia desenvolvimento agrícola na Guiné-Bissau

O grupo Kirloskar Brothers Ltd da Índia comprometeu-se a contribuir com um financiamento de 10 milhões de dólares para aumentar a produção agrícola na Guiné-Bissau, nos termos de acordo assinado em Bissau na passada terça-feira.
O documento, rubricado pelo ministro dos Recursos Naturais, Daniel Gomes e pelo presidente do grupo indiano, Sanjai Kirloskar, estabelece que o montante em causa destina-se a financiar a produção de arroz para garantir a auto-suficiência da população, a horticultura e fruticultura e ainda a captação de água para bebedouros de gado e formação de técnicos agrícolas.
Na ocasião, o ministro exprimiu a sua satisfação pelo facto de uma das maiores empresas mundiais no domínio da hidráulica se ter associado a este projecto do governo e salientou que assim que o dinheiro chegar os trabalhos terão início imediato, concretamente na cidade de Bafatá, leste do país.
Sanjai Kirloskar prometeu que, caso este empreendimento seja bem-sucedido, o grupo a que preside irá disponibilizar mais 30 milhões de dólares para financiar uma segunda fase deste projecto.
Este acordo enquadra-se nas parcerias estabelecidas pelo Ministério dos Recursos Naturais para o desenvolvimento de programas qualificados de prioritários.
O grupo Kirloskar Brothers Ltd é um conglomerado indiano com sede em Pune, estado de Maharashtra, que exporta os seus produtos, nomeadamente bombas hidráulicas, para mais de 70 países de África, Sudeste Asiático e Europa.

Sem comentários:

Publicar um comentário