quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Comitiva da CEDEAO chega hoje a Bissau

Uma comitiva da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) chega hoje quinta-feira a Bissau, uma semana depois de o Presidente da República guineenses ter demitido o primeiro-ministro.

Fazem parte da comitiva a comissária da CEDEAO para os Assuntos Políticos, Paz e Segurança, Salamatu Hussaini, e ainda Olusegun Obasanjo, antigo presidente da Nigéria, cargo que deixou em 2007.

A CEDEAO, bem como todas as organizações e parceiros internacionais da Guiné-Bissau, têm apelado ao diálogo para pôr fim à crise política.

O Presidente da República, José Mário Vaz, demitiu na quarta-feira 13 o Governo liderado por Domingos Simões Pereira, apesar dos apelos generalizados lançados dentro e fora do país para que não o fizesse.

O Executivo estava em funções há um ano, depois de o PAIGC vencer as eleições com maioria absoluta e de ter recebido duas moções de confiança aprovadas por unanimidade no Parlamento - para além de ter o apoio da comunidade internacional.


Depois da demissão e nos termos da Constituição, Vaz pediu ao PAIGC na qualidade de partido vencedor das últimas eleições que indicasse um nome para primeiro-ministro.

Depois da demissão e nos termos da Constituição, Vaz pediu ao PAIGC na qualidade de partido vencedor das últimas eleições que indicasse um nome para primeiro-ministro.

Aquela força política voltou na segunda-feira a propor Simões Pereira, ao mesmo tempo que uma manifestação encheu o centro de Bissau com milhares de pessoas em apoio ao primeiro-ministro demitido.


Aguarda-se agora por uma decisão de José Mário Vaz sobre se volta a aceitar o chefe de Governo que derrubou ou toma outra decisão.

Sem comentários:

Publicar um comentário